Laringomalácia

O que é laringomalácia? Por que ela acontece?  É considerada uma condição comum? Como é o prognóstico?

 

A laringomalácia é uma alteração congênita, ou seja, o bebê já nasce com a ela.  A manifestação característica da LM é o estridor (ruído) inspiratório intermitente. Laringomalácia é o termo utilizado para descrever o colapso das estruturas supraglóticas da laringe durante a inspiração. Em linhas gerais, a laringomalácia se caracteriza pelo amolecimento das estruturas da laringe (supraglote = todas as cartilagens que ficam acima da | glote = pregas vocais).

 

O exato motivo da LM é desconhecido. Aceita-se um misto de teorias entre a imaturidade do controle do tônus neuromuscular, anatomia desfavorável e amolecimento natural das cartilagens neste período da vida. Não há consenso na literatura sobre a causa da LM. O provável é que seja multifatorial.

 

A prevalência da laringomalácia ainda é muito incerta. Não temos muitos estudos brasileiros com este número. Nos baseamos  nos números dos EUA e lá a estimativa é que pode chegar até a 1 para cada 2000/3000 nascidos vivos. Em medicina isto é um número alto. Mas eles enfatizam que isso é uma estimativa, já que muitos pacientes evoluem "só com um barulhinho", acabam por não ter outros sintomas, não chegam a realizar o exame de nasofibrolaringoscopia e melhoram espontaneamente com o tempo.

 

O prognóstico é muito bom. Lembrando que este prognóstico muito bom se refere às crianças sem outras alterações s que afetem o desenvolvimento neuropsicomotor e em prematuros extremos. 90% dos casos evolui bem apenas com acompanhamento clínico e por vezes a introdução de medicação anti-refluxo. Nos casos que não evoluem bem, aí sim será necessária a intervenção cirúrgica. 

 

Existem duas formas de tratamento da laringomalácia. O tratamento clínico é realizado através do uso de medicamentos que tenham o intuito de diminuir a inflamação das estruturas supraglóticas. Geralmente é indicado para os casos mais leves.  O tratamento cirúrgico é realizado através de procedimento sob anestesia geral. Geralmente é indicado para os casos mais graves. O nome da cirurgia é supraglotoplastia. 

 

A indicação do tratamento seja clínico ou cirúrgico, é realizada pelo médico otorrinolaringologista.